Mini-currículos

 

Coordenação de programação e curadoria

 

Ana Siqueira atua em curadoria, pesquisa, tradução e produção de cinema. Coordenadora de programação do 15º, 16º (co-coordenação) e 19º Festcurtas BH (2013, 2014 e 2017), foi programadora do Cine Humberto Mauro e é curadora da mostra de cinema infantil do Festival SACI. Mestranda em Comunicação Social na UFMG, onde também se graduou, e diplomada em Filosofia pela Universidade Paris 8. Diretora assistente do filme A cidade onde envelheço, de Marilia Rocha.

Seleção/curadoria

Competitiva Internacional

Arthur B. Senra é cineasta, montador e realizador audiovisual. Especialista em Processos Criativos em Palavra e Imagem, bacharel em Comunicação Social com habilitação em Cinema e Vídeo. Responsável pela curadoria e programação de cinema do Sesc Palladium.

Carla Italiano desempenha atividades de pesquisa, curadoria e produção em cinema. É mestre em Comunicação Social pela UFMG, com graduação em Cinema pela UFSC. Desde 2011, integra a Associação Filmes de Quintal e participa da organização do forumdoc.bh – Festival do Filme Documentário e Etnográfico de Belo Horizonte.

Gustavo Jardim é realizador e pesquisador audiovisual. Produz filmes documentários, experimentais e vídeo instalações. Fundador do DuRolo, núcleo de produção de projetos transdisciplinares envolvendo cinema. Mestre em Cinema e Educação pela UFMG e professor ligado à Cinemateca Francesa.

Luís Fernando Moura é curador, programador e pesquisador de cinema. Coordenador de programação da Janela Internacional de Cinema do Recife. Jornalista com textos publicados em jornais e revistas. Mestre e doutorando em Comunicação Social pela UFMG, com graduação em Comunicação Social pela UFPE.

Luís Felipe Flores é ensaísta, crítico e pesquisador de cinema. Doutorando em Comunicação Social no PPGCOM/UFMG, e mestre em Cinema pela EBA/UFMG, atua também como tradutor, professor e curador. Organizou as retrospectivas de Rithy Panh e Trinh T. Minh-ha no Brasil.

Maria Ines Dieuzeide é doutoranda em Comunicação Social na UFMG. É integrante do grupo de pesquisa Poéticas da Experiência e atua na produção e edição da Revista Devires – Cinema e Humanidades, publicação dos Programas de Pós-Graduação em Comunicação e Antropologia da UFMG.

Competitiva Brasileira/Minas

Clarissa Campolina é  cineasta e montadora. Sócia da produtora Anavilhana, foi membro da Teia de 2002 a 2014, onde realizou seus filmes e instalações. Professora de graduação em Cinema e Audiovisual do Centro Universitário UNA.

Mariana Souto é doutora e mestre em Comunicação Social pela UFMG, onde pesquisou cinema brasileiro. Professora de graduação em Cinema e Audiovisual do Centro Universitário UNA. Uma das curadoras do Cineclube Comum e da Mostra Corpo e Cinema (Caixa Cultural). Diretora de arte, figurinista e assistente de montagem.

Siomara Faria é mestre em Comunicação Social pela UFMG, dirige atualmente o Museu da Imagem e do Som de Belo Horizonte (MIS-BH). Atuou no Sesc Palladium de 2012 a 2015 na pesquisa, curadoria e desenvolvimento de projetos na área de cinema e audiovisual, realizando, dentre outras, as mostras “Expoentes do Neo-realismo Italiano”, “Pasolini e o Cinema de Poesia”, “Werner Herzog: Retrato de um diretor” e “O olhar político de Chris Marker”.

Vinícius Andrade é doutorando em Comunicação Social pela UFMG, membro do grupo de pesquisa “Poéticas da Experiência”, e mestre em Comunicação Social pela UFPE. Curador do Cineclube Sorpasso, integra os coletivos Coque Vive (PE) e Ocupação Cinematográfica Elizabeth Teixeira (MG).

Mostra Especial – Documentário: Invenção de Formas/Pensamento Crítico (1964-1983)

Naara Fontinele é pesquisadora, curadora, doutoranda em Estudos Cinematográficos e Audiovisuais pela Université Sorbonne Nouvelle – Paris 3, em cotutela em Comunicação Social pela UFMG. Colaborou na curadoria de duas mostras, dedicadas ao documentário brasileiro, do Festival États généraux du film documentaire (Lussas – FR). Desde 2012 desempenha atividades no campo da pedagogia do cinema, conduzindo oficinas em Paris e Porto Velho (RO).

Mostra Especial Radicales Libres

Jorge Yglesias (Havana, 1951). Poeta, narrador, crítico de cinema e tradutor. Chefe da Cátedra de Humanidades e Professor de História do Cinema e Estética do Documentário na Escola Internacional de Cinema e Televisão de San Antonio de los Baños, Cuba. Tem ministrado cursos de cinema no Canadá, Áustria, Brasil, Suíça, Portugal, República Tcheca, República Dominicana, Colômbia e Venezuela. Escreve e dirige um programa de rádio semanal dedicado ao cinema e um espaço diário de música clássica. Tradutor de Paul Claudel, Emily Dickinson, Adrienne Rich, Georg Trakl e poetas contemporâneos franceses, ingleses, norte americanos, austríacos, alemães e italianos.